segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Besouro Numa Pegada Kung Fu

http://www.besouroofilme.com.br/blog/wp-content/uploads/2009/07/besouro_alta.jpg

E a capoeira vai ficando cada vez mais internacionalizada! Será que mestres Pastinha (1889-1981) e Bimba (1899-1974) estão felizes lá no segundo plano? Escolas pipocam aqui em NYC e nos EUA como um todo. João Grande, discípulo direto de Pastinha, organiza uma roda aqui na Big Apple e anda faturando umas doletas (US$ 20 por uma aula de duas horas) com a sua angola.

Assista abaixo o trailer do filme Besouro (2009) cujo diretor é João Daniel Tikhomirof e a previsão de estréia nos cinemas é outubro desse ano. Ao que parece, a película leva a capoeira para as telas, mas numa roupagem a la kung fu moderno. Besouro Mangangá (1895-1924) é o nome de um lendário capoeirista baiano nascido em Santo Amaro da Purificação e cuja história é contada no filme. Pelo que consta, contrataram o mesmo coreógrafo chinês, Hiuen Chiu Ku, responsável pelos efeitos especiais de Matrix (1999) e O Tigre e o Dragão (2000) para fazer Besouro "voar". O filme é uma produção da Mixer e Globo Filmes com distribuição da Miravista.

Pensando bem e como alguém que conhece um pouquinho a história da capoeira, acho que Bimba ia curtir muito o filme. Já Pastinha...

Mais informações do filme aqui


4 comentários:

Mojana disse...

Fantástico! Exu dando uma de Matrix foi o máximo, hahahahaha.
Me parece que esse filme tem um visual daquelas películas que o Let Li fazia em Hong Kong antes de ir pros EUA: muita ação e excelentes coreografias nas cenas de luta, com a rapaziada correndo nos telhados e tudo mais.

Flavius2net disse...

Eu já havia visto o trailler deste filme, estou ancioso pela estréia. Eu ainda estou apostando numa sequencia do filme, que provavelmente será norte-americana.

Punk Kanibal disse...

É besouro preto... é besouro preto!

Cara, eu tô me introduzindo na capoeira angola (já que pareço gringo, então é o jeito, né?) e, pelo que já deu pra sacar, acrobacias aéreas são tudo o que os angoleiros NÃO querem...
Mas, porra, um filme sobre isso é pra levantar a moral. Falta preto na Globo.

Punk Canibal disse...

Só mais uma palavrinha: caceta! Se o filme vai ser assim vai ter trocentos neguinhos e branquinhos procurando academias de capoeira no ano que vem! O jiujitsu brasileiro vai pra falência...