segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Mais Uma da Série: "Mau Humor de Início de Ano"

Odeio essas férias forçadas de final/início de ano. Ok, quando eu tinha uma emprego comum de office-boy ou vendedor de parafusos numa loja de ferragens e, finalmente, professor universitário (que evolução!) a época de dezembro/janeiro significava libertação. Mas agora que sou mais um estudante que conta moedas acho um saco! Alguém irá dizer: "maluco chato, só fala isso para ser do contra". Bem, não é bem por aí...

http://www.vanderbilt.edu/isss/images/Holidays.jpg

Você já parou para pensar que as melhores baladas não são necessariamente no final de semana, mas durante a semana? A mesma lógica cabe aqui: a melhor época para descansar e curtir não é no final do ano. Experimente ficar trabalhando no final do ano e trocar suas férias de dezembro por jullho e você verá que maravilha é. Ir pra uma churrascaria sem aquelas horríves confraternizações de "firma", dar um rolê na rua sem trombar com bêbados chatos que ficam ainda mais sentimentais no final do ano e fazer compras sem a aporinhação de músicas de natal ou lojas lotadas de gente mal educada que pisa no seu pé, corta a fila na cara dura, fala ao celular como se estivesse na sala de estar da sua própria casa e não educa direito as suas crianças que correm de um lado pro outro da loja e trombam com você como se o seu corpo fosse um poste no meio do caminho.

Festa de final de ano então sempre dá alguma m... Você cruza aquele cunhado "forgado" - em SP pronunciamos desse jeito mesmo - que  você não vai com a cara nem f..., tem que comer a maionese ruim da sua sogra e de toda cerveja arrecadada para a festa você ficando bebendo Kaiser quando levou três caixas de Original (obviamente que a Kaiser foi levada pelo seu cunhado querido e ele bebeu toda a Original naquela saída que você deu com o carro para comprar refrigerante para as crianças).  Pra completar, você, sendo corinthiano, tem o cunhado amado palmeirense, uma cunhada que não entende porra nenhuma de futebol, mas que diz simpatizar com o São Paulo e os sogros santistas. Depois da meia-noite, com todo mundo bêbado, eles resolvem colocar o VCR do clássico que o Timão tomou de três de um desses times só pra te deixar "P" da vida!

Aí vem a hora do amigo secreto... Bem, não é necessário muita experiência em amigos secretos para saber que você sempre dará algo bom e receberá algum lixo do tipo caixa de lenços, camisa amarela da Dorinhos ou um chaveiro com o seu nome escrito errado. Por fim, o cunhadão e a cunhada ficam bem locos ao final da festa e sua querida esposa pede pra você levá-los para casa primeiro, já que toda a família receia que o vagabundo não está em condições de dirigir. Problema: você está no fundão da zona leste, o maluco mora em Cotia e você em Diadema. Ok, você coloca o casal e as três crianças no seu carro e no meio do caminho sua cunhada começa a brigar com o lixo do seu cunhado por ele ter bebido e feito ela passar vergonha na frente da família. O trutão retruca, diz que está legal e ameaça sentar a mão na cara da mulher, mas antes disso solta uma "gorfada" e vomita dentro do seu carro que até aquele momento era zero. Imagina fazer a viagem de volta pra sua casa com aquele cheirinho?!

Ano novo e você vai pra onde? Long Beach, of course! Fila na padaria, fila no supermercado, falta d'água, vagabundos da sua área que você sabe que são do Partido e que ficam olhando pra bunda da sua nega que insiste em usar aquele shortinho comprado pro carnaval baiano antes mesmo de vocês se conhecerem, os vizinhos que ouvem funk carioca e axé music dia e noite e, pra completar a festa, você encontra no balcão do bar que fugiu pra tomar uma em paz o seu chefe que convida você e a famíla para passar o revellion no AP que ele alugou pra família. Obviamente que não preciso dizer que você levou três horas para descer a serra e vai levar outras três para subir...

Sendo assim, no primeiro dia de trabalho do ano como hoje, 4 de janeiro, você dá o ponta pé inicial a correria mais cansado do que há quase duas semanas atrás quando entrou no seu famigerado recesso de Natal e Ano Novo! Faça como eu, mude suas férias para julho. Feliz 2010 que já começa meio zoado...

12 comentários:

Anônimo disse...

Adorei!!!
Estava me sentindo um alien por não estar enxergando tudo vermelho e verde, mas agora acabou!rs
Beijos, pretucho!

Mandala disse...

Quando será publicado o livro "Crônicas"???rsrs
Saudades de você!!!!!
Beijos!!!

Mila disse...

Cenas de pavor!

Michele disse...

Putz, e aposto que nesse ano foi pior: chuva sem parar, prá ficarem 25 pessoas espremidas num apê só com 1 banheiro - sem contar as crianças correndo! Fora os desabamentos na estrada e falta do que fazer, já que não deu praia...

Acho que fiquei melhor aqui, com esses malditos papers... Rsrsrsrs...

Um beijo Kibe!

Márcio disse...

Ri muito com esse post. A parada é essa aí mesmo. Poucos escapam...

Muito axé em 2010, Márcio!

ALoKa disse...

Ah, visão do inferno... E pena que não é mentira e nem devaneio!!! hahahahahaha

Marcio Macedo (Kibe) disse...

Prezad@s,

Muitíssimo obrigado a tod@s pela leitura e comentários!

Aviso de antemão que o tom meio ácido dos textos desse cidadão que lhes escreve deve se dissipar logo logo...

Muita Paz!

Márcio/Kibe.

Flavius2net disse...

Vc precisa deixar claro no texto que as férias de verão nos EUA são no meio do ano; faz todo sentido dizer que vai tirar as férias em julho, diferente do nosso "querido" Brasil.

jacque disse...

Ai ai ai Kibe... Dei muita risada com vc agora... e pior do que descer a serra, é morar em Long Beach...hehe Beijo grande!

Marcio Macedo (Kibe) disse...

Prezado Flávio, quando escrevi esse post não tinha em mente essa parada das férias aqui serem em julho, mas mesmo se estivesse no Brasil escolheria trabalhar em dezembro e janeiro e em julho fugiria para alguma praia do nordeste, já que qualquer 25 graus pra paulista é verão.

Querida Jac, fuja daí nessa época. Deus me livre! Sabe que na minha última ida ao Brasil fui tratar de um dente aí na Praia Grande e quase te liguei, mas não tinha seu número. O serviço da moça não foi aquelas coisas, já estou com o dente fodido de novo...

Abraços e beijos,

Márcio/Kibe.

ari disse...

o inferno são os outros, ok....so what?

Marcio Macedo (Kibe) disse...

O inferno são os outros descontrolados, Ari!